quarta-feira, 15 de julho de 2009

Os lugares



Coisa cômica quando você se depara com uma casa nova, armários novos, são eletrodoméstimos novos, potes novos talheres novos. Tudo em seus devidos lugares.

Lugares? Que lugares? Em 24 anos de existências todas as coisas foram colocadas nos lugares por uma pessoa: minha mãe!

Como estipular aqueles lugartes mais adequados? Primeiramente pensa-se assim, os mais usados na parte de fácil acesso do armário. Os menos usados em cima, nos lugares mais inatingíveis.

Aí com os potes e marinex começa a sessão de ver qual encaixa dentro de qual. Panelas, uma dentro das outras também. Tampas? Tudo num único lugar, quer tampa? É só lá que tem!

Cobertores, onde? E as roupas? Parecem muitas para ter que dividir um guarda-roupa com outra pessoa. Sapatos, onde? E aquelas papeladas arrecadadas em 24 anos de vida, Tudo pra uma caixa!

É, o casamento é uma aventura a dois. E a cada dia ouve-se aquela voz tão amada. Amor, onde é o lugar dos panos de prato? Amor, onde é o lugar da vassoura e as sacolinhas de lixo onde estão?

Logo nos acostumaremos com os novos lugares. Agora quem faz eles sou eu! hehehe

sexta-feira, 3 de julho de 2009

O casamento

Dia 20/06. Como previsto Deus nos deu um dia lindo. Eu comi na panela sim! Mas sabe né? Com crente não tem dessas hehehehe

A preparação da beleza começou algumas horinhas antes ao meio dia no salão. Cheguei lá o mais calma que eu podia com uma camisa de botões pra não estragar o penteado, é claro! E vamos a maquiagem que após terminada deu um grande susto. Me senti uma mistura de palhaça com drag queen, mas depois com o cabelo e o vestido tudo fica perfeito.

O cabelo foi hilário. - May, faz uma arrepiado tipo moicano, bem moderno... - Não moderna, quero um coque tradicional... Enfim, saiu nem tanto o céu nem tanto a terra. Mas valeu.

O vestido mega pesado, foi difícil arrastá-lo pela igreja hehehe

Mas sim, foi o dia mais perfeito da minha vida, foras as horas mais emocionantes que eu poderia viver. Foi o sonho mais lindo que eu tive realizado ali, naquela hora escolhida por Deus.

Pra quem esperava não chorar... Foi impossível, as lágrimas escorreram. As músicas ficaram perfeitas. Tudo perfeito. O Herbert perfeito.

Chega na hora, parece que não tem ninguém ao lado. Só eu, o Her e o Pastor. Mas assim é o casamento mas me lembro de cada detalhe.

Só não lembro do gosto das comidas nem o que comi no café. Noiva não come. É impossível tentar comer, parece que no estômago tem mil borboletas voando de um lado pro outro.

O sorriso? constante, não tem como apagar o que a gente consegue depois é fazer uma massagem relaxante na buchecha pra ficar séria novamente.

Só posso agradecer tudo o que Deus me deu naquele dia e tem feito por mim.

A pedidos contarei as peripécias, desta esposa. Já foram muitas, em breve os relatos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...