quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Rostinho doce



Sim, eu tenho um rostinho doce!

Para quem não sabe eu tenho um problema sério de direção, só sei a diferença entre direita e esquerda. No mais... Todos riem quando perguntam para onde fica o ponto de ônibus e eu mostro sempre a direção do portão de saída e não o local específico. Enfim, não sou a pessoa mais localizada do mundo. Mas pode apostar, que com certeza se tiver eu e mais um zilhão de pessoas na rua e alguém tiver uma dúvida de onde fica alguma rua, virão perguntar para mim. E óbvio eu sempre tenho que responder que não sei onde é.

O cúmulo do meu rostinho doce foi eu no mercado escolhendo frutas e uma moça olha pra mim e pergunta sabe me ajudar a escolher uma mamão? Gente eu sou a pior pessoa pra escolher fruta. Até banana podre eu já comprei. Sorte que minha mãe estava por perto e ela pôde ajudar aquela pobre moça, que não sabe pra quem estava pedindo ajuda.

Mas não é só isso não, eu pego ônibus e muitas vezes as pessoas que sentam ao meu lado começam uma conversa sobre o tempo, sobre o ônibus lotado, sobre o livro que estou lendo. Estes tempos estava indo pra faculdade em pé e lendo um livro do Max Lucado super concentrada, uma mulher disse que era pra eu sentar e me deu o lugar, pra que eu pudesse ler o livro. Porque ela sabia que o Max Lucado escrevia muito bem, que ela já havia lido algum livro dele e tudo mais... E não parava de falar. Enfim, ela me deu o lugar e nem consegui ler, de tantas coisas que ela tinha para contar.

Bom, eu sempre pergunto para os outros: por que os "desconhecidos" sempre falam comigo? E todos respondem, é por causa deste rostinho doce!

Ai ai...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...