quarta-feira, 30 de maio de 2012

Rir pra não chorar


Sabe que tem tempo das nossas vidas que é só pela graça do Senhor, quando não era cristã brincava que era o "Inferno Astral", mas hoje sei que são lutas, que tem um objetivo só: Me fazer vitoriosa, porque não há vitória sem batalha. E é isso mesmo, enfrentando tudo de frente, mas com um ótimo amigo ao meu lado: Jesus.

E em toda essa história, lembrei da placa contando os dias sem INcidentes.

Mas contando dos últimos dias, aconteceu tanta coisa junta, que eu acho que você nem vai acreditar em mim. Só te digo uma coisa: - É verdade!

Bom há duas semanas comecei a notar que quando olhava na minha pia da cozinha tinha uns restos de comida que não eram meus. Na primeira vez eu olhei, mas sabe quando você pensa - O Herbert deve ter feito algo, que eu não vi! E assim foram se passando os dias até que no sábado retrasado levantei cedo, como de costume, porque é o dia em que limpo minha casa e dei de cara com uma poça d'água do quarto até a cozinha. Pensando bem, bom seria mesmo se fosse água, porque pra minha tristeza era fossa do encanamento de todos os apartamentos que ficam pra cima do meu. Detalhe: moro no térreo.Como diria a Chayenne: -Pense numa pessoa feliz, pense! Claro que eu só fiz a única coisa que me restava, e gritei pelo Herbert pra me ajudar, e nós com pano, balde, muito nojo e muito mais desinfetante limpamos toda aquela sujeira. Pedi pra ele comprar um tal de Diabo Verde, que sempre ouço dizer que é ótEmo para limpar canos entupidos, joguei água quente, usei o desentupidor. mas nada fazia minha pia voltar ao normal. E lá ficou ele "gorfando" até segunda-feira que foi quando pudemos ligar pra Administradora resolver nosso problema. Que com muita prontidão disse que em breve mandaria alguém. Chegou sexta-feira (da semana passada) e nada, ninguém foi arrumar o nosso encanamento. Até que de novo tudo transbordou e molhos de novo, da cozinha até o quarto. Eca! E o Her ligou pro pessoal, já com pouca delicadeza pedindo uma providência. Foi então que em menos de uma hora chegou "os homi" pra solucionar nosso problema. Sim, eles vieram com suas super botinas sujas e mancharam todo o meu tapete (aquele que você me deu mesmo, Dani), sim eles vieram com uma super bazuca de ar comprimido e VUPT, jogaram aquilo pelo meu cano e pense só.... Tudo que estava preso desceu, sabe onde??? -Onde May? No nosso apartamento! O nosso ap virou a própria caixa de gordura. Duas letras pra vocês: U-I ! 

Pra minha sorte, eu não estava em casa e como eu escolhi bem com que eu ia casar huahaua cheguei em casa e o Herbert já tinha limpado tudinho. Só ficaram as fotos pra contar história.

Continuando...

A história dos incidentes, veja bem, continuando porque tudo continuou. Parou no final de semana, em que eu estive em um retiro, e retirada dos problemas hauhauaha.

Na segunda-feira como sempre, arrumei minha malinha pra Curves, peguei meu din din e parti pro busão, pensei duas vezes antes de entrar nele, porque estava meio lotado. Mas enfim, entrei mesmo assim, queria chegar cedo na academia porque sobra mais tempo para conversar... Quando no meio do caminho me sobreveio um imprevisto. O ônibus estragou! E lá foi todo mundo descer, e esperar outro ônibus pra conseguir entrar. Bom consegui entrar no segundo, e ainda cheguei com créditos de minutos na academia. Por este lado é bom ser uma pessoa adiantada.

O último imprevisto mas não o menos importante, nesta mesma segunda aí o Herbert veio me buscar no serviço. E eu, ó, muito feliz porque já tinha pego um ônibus estragado de manhã, não queria mais nada fora da minha rotina. E lá fomos nós dar uma passadinha na minha mãe... se não fosse ele, o tal do imprevisto. Em pleno percurso Centro-Boqueirão ficamos só com a terceira e quarta marcha. E o gelo? Mas Deus nos ajudou e com muita "fritada" de embreagem conseguimos chegar na casa da mãe. Suados e gelados de medo. Cheguei lá e eu e o Her já ligamos pro meu sogro que trabalha em uma mecânica, pra ir nos socorrer de alguma forma. Mas minha cunhada chegou e salvou nossa pátria: -E o seguro? E sério, tínhamos esquecido do nosso seguro, e ligamos pra ele, e lá veio o guincho nos socorrer e nos levar pra mecânica e o nosso carrinho dormiu lá e nós dois, eu e meu amado dormimos em casa, agradecendo pelas lutas e crendo nas vitórias que virão.

Quando lembrar, ore por nós... realmente tem sido dias difíceis, mas o Senhor tem nos fortalecido.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...