quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

É tanto casamento que quis relembrar o meu


Serão 4 casamentos em 2013 e um já garantido pra 2014 hehehe. E quem já é casada é inevitável se lembrar do próprio casamento. Dos sentimentos que antecedem a cerimônia, do cansaço pós festa, das dores na bochecha de tanto rir. Se sentir A POP STAR por causa da quantidade de fotos. De na Lua de Mel correr pras redes sociais pra ver fotos de tudo e confirmar se não foi tudo um sonho. É muito legal!

Hoje com tudo o que eu já aprendi de casamentos e com quase 5 anos de casada e as mudanças de tudoooo na área de decoração, porque tudo mudou mesmo e na época que casei, acreditem, não tinha tanto site de casamento como hoje. Eu teria feito mais coisas pra minha cerimônia, usufruindo dos meus dons... 

Meu casamento foi um sonho e vou mostrar alguns detalhes aqui. Eu acho que eu nunca fiz isso né? Nem vai dar pra contar tudo num post só.


*O resultado eu amei as gerberas que estão no bambu foram colocadas pela minha mãe e mais uma turma que acharam ele pobrinho. Confesso que eu nem vi na hora da cerimônia. 

*Eu queria a decoração de todo o casamento de lírios, mas era inviável por causa do valor. Muito caro! Então fiquei só com o buquê mesmo. Se por acaso você for escolher buquê de lírios, ou lírios na decoração, não esqueça de tirar o meinho dele (onde fica o polem) aquilo mancha a roupa!

*Eu queria um penteado bem tradicional, mas na hora que a mulher foi colocar o véu em mim, disse que eu era jovem e tinha que ter os cabelos mais arrepiadinhos e ficou assim. Ah, outra coisa que eu fiz foi pro casamento pintar meu cabelo da minha cor original. Eu tinha receio de ficar com ele meio ruivo, como estava e depois de anos estranhar, achei que tudo mais parecido com o natural era melhor. E achei uma das melhores ideias que tive. Afinal o cabelo ruivo era temporário e poderia me arrepender depois de alguns anos

* A minha mãe fez com muito carinho o vestido das daminhas. Na época eu chamei as meninas que eram minhas alunas na EBD e minha amiga de infância, a Lilia (ela recém casou, fotos aqui). Ah e também minha sobrinha que estava com 2 meses. Todas com o vestidinho igual. Eu me preocupei em não ser um vestido caro demais, porque eram as famílias das damas que pagariam. Então, como foi minha mãe que fez, saiu só o custo do tecido. 

*Eu simplesmente amei minha decoração. Meu sonho sempre foi casar no campo, mas no fim trouxe um pouco do campo pra minha igreja 

Minha amigona Carol, que tem mãos maravilhosas me deu de presente todas as lembrancinhas, elas tinham ventosa então a pessoa podia pendurar onde quisesse. Bem lindos os noivinhos né?

*Eu quis cantar uma música para o Her, totalmente surpresa. Eu ainda quero colocar ela aqui no youtube pra vocês. Mas tenho que sentar e fazer então, preciso de um tempinho hehehe A música escolhida era Nosso Amor é Lindo do Grupo Voices, a Shenia minha amiga, ensaiou comigo e tava de prontidão, pra se eu me emocionasse demais continuar cantando a música pra mim. O Her, não conhecia a música, e ela não tinha nenhum significado pra ele até aquele momento. Uma curiosidade: Ele fez eu cantar a música em toda nossa Lua de Mel, ele queria decorar a letra heheeh

* Os músicos são nossos amigos, Miqueias, Josué e Shenia. Eles foram demais e as entradas de todos foram realmente demais. 

*Eu queria fazer algo diferente pra jogar e fui numa loja com a Carol e compramos este sapinho de coroa, lindo né? E o meu buquê eu dei pra uma adolescente que eu não conhecia até o dia do meu casamento, acreditam? Ela era filha de um colega do serviço do meu padrasto, e ela se emocionou tanto no nosso casamento, nos abraçou tão forte sem ao menos nos conhecer que eu resolvi dar o buquê pra ela. Tenho certeza que ela nunca se esquecerá.

Isso aí é só um pouco do nosso casamento. Tem tantas outras coisas legais. Acho que vou ir contando pra vocês. Engraçado que a gente vai revivendo estes momentos e se emocionando outra vez. 

Beijos!




quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Os anos que passam e a misericórdia de Deus



Os anos passam vuuuandio. Já diz todo mundo não é verdade? E parece mesmo que quanto mais velhas ficamos, mais rápido eles se vão.

E chegou mais um dezembro, e mais uma correria sem medida de tudo o que o trabalho ministerial nos pede. Ensaio, programações... Além claro de tudo o que a vida secular nos pede que é confraternização + confraternização. E este ano, mais três casamentos. Sim está intenso. Se toda esta vida passa rapidamente, porque não vivê-la com intensidade né?

... mas confesso, estou cansada hehehe e todo final de ano eu digo que no outro final de ano não vou fazer tanta coisa. Mas não consigo... é o meu chamado, e de novo faço o que posso e o que não posso hehehe

Mas nem era disso que eu ia falar. Eu ia mesmo era fazer uma breve retrospectiva, eu sei que você lê aí. Mas você não sabe o prazer que eu tenho em ler o que eu mesma escrevi depois de tantos anos e ver meu amadurecimento em todos os posts, é muito legal. Aqui não deixa de ser um pequeno diário da minha vida passageira.

Enfim este ano aconteceram algumas mudanças significativas, acredito que a principal delas foi eu ter decidido iniciar a faculdade de Teologia. Não pra ser pastora, ou algo assim. Mas na intenção de agir com mais zelo nos ministérios que o meu Pai me deu. Assumindo a liderança do ministério infantil da igreja, o que foi um grande desafio, eu me vi em diversas situações em que, o que eu aprendi na faculdade foram de extrema ajuda. Cara, que massa! Que massa, ter colegas crentes na sala de aula, que massa estar numa faculdade que parece um retiro. Agradeço ao Senhor por me proporcionar viver isso.

Também pude ver muitos dos meus pequenos alunos descendo as águas do batismo, depois de um retiro incrível que pude estar junto deles. Cara, que massa! Que massa ver eles ali, entregando suas vidas a Cristo e crendo que Deus fará maravilhas através da vida deles.

Eu pude viajar, tirar férias. Aprender novos esportes. Sentir a adrenalina enOOrme de quem desce uma cachoeira de rapel (ainda não acredito que eu fiz isso, que louca). Meu este ano foi massa. Lembro que eu pensei no início de 2013 que seria um ano de colheita mesmo. Depois dos primeiros anos de casamento com muita dificuldade financeira depois de o Her ficar desempregado duas vezes, este ano foi mesmo muito legal, e foi possível realizar muitos sonhos. Obrigada Deus por fazer isto em minha vida.

E pra encerrar, queria falar sobre a misericórdia do nosso Deus. Eu amo esta característica, porque como diz a Sua Palavra, é graças a ela que não somos consumidos.
Mas o que é misericórdia?
Misericórdia é um sentimento de compaixão, despertado pela desgraça ou pela miséria alheia. A expressão misericórdia tem origem latina, é formada pela junção de miserere (ter compaixão), e cordis (coração). "Ter compaixão do coração", significa ter capacidade de sentir aquilo que a outra pessoa sente, aproximar seus sentimentos dos sentimentos de alguém, ser solidário com as pessoas.
Deus nos vê miseráveis, não somos merecedores meeesmo de tanto amor, de tanto carinho, mas de repente quando a gente se acha o bicho da goiaba, lá vem Ele com sua INFINITA (sem fim) misericórdia, e nos ama, realiza nossos sonhos, nos dá alegrias.

Em 2013 agradeço sobretudo pelo Seu amor por mim, e por ter sido tão generoso com a minha vida. Muito obrigada Deus!


Quem é sábio atente para essas coisas e considere as misericórdias do SENHOR. Salmos 107:43

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...