quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Pegboard ou Eucatex Perfurado


Oi pessoal! Faz um tempão que eu pensei que quando eu fizesse o quarto da Clara eu gostaria de usar sobre a cômoda essa madeira perfurada. Quando a gente não tem espaço físico no solo a gente suspende né? Então como o quarto é tudo milimetricamente projetado essa placa de eucatex tem seu valor.

Eu peguei umas ideias pra mostrar como é. Dá pra suspender as fraldas, alguns produtinhos, roupinhas e até um móbile pra entreter o bebê enquanto você troca a fralda. 

O legal desta placa é que pode ser usado em qualquer lugar. Mais ideias aqui!







Uma placa gigante custa em torno de R$ 40. E você pode usá-la pra um TUDO.

Espero que tenham gostado.

Beijinhos!





quarta-feira, 19 de novembro de 2014

25 semanas


A Clara tem parecido uma pipoca de tanto que se mexe. Pode ser água, melancia, mas com certeza as horas das refeições não são nenhum pouco monótonas. Eu ri tanto quando eu vi este vídeo que eu resolvi postar pra vocês!



Minha barriga tem crescido a cada dia. Eu mesma me olho no espelho e me assusto, ás vezes acho que durante a noite ela se estica e se estica pra crescer e ficar grandona. Esses dias cheguei na academia e as meninas se assustaram. Mas como assim? hahaha e foi questão de 4 dias que elas não me viram. E tá assim pra todo mundo. 


Lá em casa estamos a todo vapor, com certeza o nosso AP não é o lugar ideal para uma criança, que  precisa de espaço. Para isso temos feito o que dá pra aumentar os lugares que podem ser ocupados. Primeiro estamos arrumando nosso quarto, pintamos e estamos aguardando os móveis sob medida. Tudo para que todas as nossas tranqueiras do escritório possam caber em um só lugar. O que não couber terá dois fins: lixo ou casa da mãe! E pra variar marceneiro sempre atrasa né? E o nosso vai atrasar duas semanas.

E como eu sou acelerada, ou ansiosa, me chame como quiser. Estamos dando um jeito de esvaziar o escritório em caixas para que um desmontador/montador de móveis leve tudo pra minha mãe, pra começarmos os trabalhos no quarto da Clara. Não quero deixar pra reformar o quarto dela bem barriguda, a gente nunca sabe como o corpo vai se comportar não é? Então o quanto antes agilizarmos melhor.

Fiz um novo projeto do quarto dela *-* . No corel, bem do meu jeito mesmo hahaha amigas arquitetas não me julguem, é só isso que uma webdesigner consegue fazer.


Nosso segundo quarto não foge em nada os padrões apertador de um quarto de apartamento, então a gente faz o que dá. 

Na semana passada consegui comprar a poltrona branca de amamentação. achei na OLX, valeu a pena! Linda, barata e pra mim será muito útil. 

O resto dos móveis e itens estão todos anotados. Eu sou a rainha das listas Como vocês sabem o quarto vai ser montessoriano. E quando estiver pronto vou com certeza mostrar os detalhes para vocês. Se não sabe o que é clica aqui!

Já estamos com 25 semanas e o tempo tem passado muito rápido, vocês não acham? Até a china do restaurante que eu almoço disse isso! hehehe

Até mais o/


quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Casal de padrinhos



É bem comum depois que você engravida e já sabe se o seu bebezinho será homem ou mulher, dar o nome... ouvir a pergunta: E quem serão os padrinhos?

Na igreja evangélica o bebê não é batizado e sim apresentado. Como assim apresentado? Na nossa igreja o pastor chama os pais e ora pelo bebê mas sobretudo pergunta aos pais se estão dispostos e ensinar aquela criança nos caminhos de Cristo, para que ela venha a conhecê-Lo como Senhor e Salvador da sua vida, e assim no futuro ela mesma optará pelo seu próprio batismo. Para nós o batismo acontece depois que a pessoa já tem consciência do caminho que quiser seguir e ela mesma escolher por Cristo isso pode acontecer na adolescência como foi com o Herbert ou quando jovem como foi comigo.

Eu fui batizada quando bebê na igreja católica e meus pais escolheram um casal de padrinhos muito próximos deles na época, mas acredito que a última vez que os vi foi quando eu tinha uns 7 anos. Devido ao divórcio dos meus pais eles não tiveram mais contato. E aos 18 anos me batizei na igreja que frequento até hoje, por decisão minha e sem nenhum padrinho.

Eu fui pesquisar o que significa padrinhos por aí, e achei isso:
Na concepção de muitos, ser madrinha ou padrinho é apenas presentear a criança com bons brinquedos e só. Mas as madrinhas e os padrinhos têm funções que vão muito mais além disso, já que os padrinhos e madrinhas precisam ter valores morais e religiosos, bem como pensamentos semelhantes aos dos pais das crianças.Então, nada de madrinha ou padrinho ausente. Quanto mais presente na vida da criança os padrinhos forem, melhor para todos, já que a criança contará com duas pessoas a mais para se apoiar, e os pais da criança tem uma contribuição a mais na educação.
Tive aula no curso de teologia com um professor bem racional como eu. Ele não escolheu casal de padrinhos, mas ele decidiu junto da esposa que como casal, conversariam com um outro casal que pensassem como eles em vários aspectos, para que caso viessem a faltar por alguma tragédia do destino, esse outro casal ficaria com seus filhos.

Eu assistia Modern Family e teve um episódio que também estavam escolhendo um casal de pessoas para cuidar de sua filha. Acredito que para os americanos seja bem comum. Afinal eu creio que devemos agir com responsabilidade quando somos pais. E no meio deste mundo mal, devemos estrar preparados, ninguém quer que seus filhos fiquem pulando de casa e casa esperando uma decisão da justiça de com quem ele deva ficar, se você tem a opção de escolher em vida.

É claro que queremos e desejamos estar presentes em todos os momentos da nossa filha, e que Deus nos livre de qualquer e eventual tragédia. Mas e se acontecer algo? Quem cuidará da nossa menininha? Sei que Deus cuidará lá do céu, mas e aqui da terra? A quem confiaríamos a instrução, o zelo, a orientação por seguir a Cristo?

É algo a se pensar não? Por aqui eu sempre penso. E pra resumir... a nossa filha não terá padrinhos e sim um casal como este que mencionei.

Hoje foi papo sério ;)



quarta-feira, 12 de novembro de 2014

24 semanas - Qual é a da barriga?




Hoje comemorando a 24ª semana. Viva a gente \o/ ! Viva a Clara! Viva a vida e ao Deus que nos criou! Toda glória seja dada a Ele.

Tem duas semanas sem atualizações então achei melhor irmos por partes hehehe

As mexidas


O tempo vai passando e a nossa bebê só cresce. Ela se mexe tanto, mas tanto... e agora posso vê-la se mexer. Percebo a barriga se movimentando enquanto sinto suas mexidinhas por dentro.

Ontem vindo da academia senti um espasmo no meu músculo da coxa e eu consegui explicar pro Herbert que as mexidas dela lembram isso. Você não tá esperando e você sente aquela fisgada.

Também ontem fizemos todo um esquema para que o papai pudesse vê-la se mexer, mas ela simplesmente dormiu, ou tava brincando de estátua.

Essa semana também foi a primeira vez que senti ela se mexer mais pra cima na região do estômago. E já tem horas que sinto até o meu pulmão apertado e tenho ficado mais ofegante. Mas nada disso chega a incomodar, muito pelo contrário. É uma sensação e uma experiência que nunca quero esquecer.

Chá de bebê

Cheguei a pensar em fazer um micro chá, pra poucas pessoas, mais a família e amigas bem próximas. Mas não adianta depois de muito pensar foi decido fazer um chá pra todo esse povo que ama a nossa Clara. Toda semana ela ganha presente, ganha um mimo. Até cartinha ela já ganhou. Não tem como não incluir todas estas pessoas para dividir este momento tão especial conosco.

O maior problema é a data pois como a Clara virá no finalzinho de fevereiro para começo de março, optei por fazer o chá em janeiro... Sei que muitas pessoas que gostaria que estivesse, provavelmente estarão viajando. Mas, é o jeito. Em breve teremos convitinhos de chá perambulando por aí!



Minha barriga

Uma coisa louca e até tava entre as minhas perguntas pra minha médica: E a minha barriga? Ela tardou a crescer né? Várias pessoas me disseram que nem parecia que eu tava grávida hehehe. A saga de parecer gordinha. Mas cheguei na gineco e a minha barriga já tinha dado uma espichada, e aí ela fez o desenho da barriga, mais conhecida como curva uterina. E tá tudo bem normal.

E gente sério, quem faz o jeito da minha barriga é a Clara. Tem dias que ela se amontoa e fica uma bolinha, tem horas que ela se espicha e fica aquele barrigão. Eu que tenho mania de encolher a barriga, por ter sido sempre uma gordinha, agora não consigo mais. Pelo menos não com tanta eficiência. hahaha

E posso dizer que tenho desejado ser as minhas lindas amigas que conseguiram engordar só 6 kg na gestação toda. Porque aqui já se foram alguns. hahaha


barriga de 14, 19 e 23 semanas

Tem mais coisas pra contar, mas fica para uma próxima! Ah antes de finalizar, com 23 semanas fizemos o ultrassom morfológico do 2º trimestre. Vimos sua mão, seus pés, todo o seu corpinho. E ela tá lindamente perfeita. Nossa princesa! Nossa menina!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...